Travesti é morta com golpes de faca após discussão no Interior do Estado – Segurança

Uma travesti conhecida como Caju foi assassinada em Camocim, no último domingo (12). A vítima foi morta com golpes de faca, no cruzamento das ruas Benjamin Constant com 24 de maio, no bairro São Pedro. O suspeito, identificado como Josiel Pereira dos Santos, foi preso poucas horas após o crime. 

Segundo a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social, a principal linha de investigação seria uma discussão com o suspeito. A polícia apreendeu com o homem uma faca. As investigações estão a cargo da Delegacia Regional de Camocim. 

Morte na Praia de Iracema

Outra travesti de 37 anos foi encontrada morta na Praia de Iracema, em Fortaleza. Identificada como Rena de Moura, a vítima teve o corpo identificado pela família. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Rena foi encontrada com vários ferimentos à faca. 

O caso aconteceu na última quarta-feira (8). Rena de Moura foi encontrada na faixa da areia. O caso está sendo investigado pela 1ª delegacia do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa.

Leia mais

professor Tarcísio Alves de Queiroz, vítima de homicídio

Assassinatos

De acordo com dados da Rede de Observatórios, o Ceará lidera os casos de transfeminicidio registrados em Estados que foram observados pela Rede. Em 2022, foram 10 mortes de pessoas trans ou travestis. 

Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *