Son lamenta saída de Conte e assume responsabilidade


A demissão do técnico Antonio Conte veio enquanto os principais jogadores do Tottenham estão com suas seleções nacionais na data Fifa. Após a derrota para o Uruguai em amistoso desta terça-feira, o sul-coreano Son Heung-min comentou a saída do treinador italiano e revelou que se sente “responsável” pelo encerramento do trabalho no clube inglês.

“Não sei o que os outros jogadores pensam sobre ele, mas sinto muito por ele. Eu devia ter mostrado mais, mas não consegui. Não consegui ajudar meus companheiros e me sinto responsável pela sua demissão”, declarou Son em entrevista coletiva.

Antonio Conte chegou ao Tottenham em junho de 2021 e comandou a equipe londrina até o último domingo, quando o clube anunciou a demissão do técnico em “comum acordo”. Apesar de não conquistar títulos, levou o Tottenham para a Champions League.

“Ele é um técnico de nível mundial, tivemos uma ótima jornada juntos, agradeço muito a ele. Ele tem grande habilidade e experiência como técnico e tenho certeza que ele terá sucesso em um novo desafio”, completou o atacante sul-coreano.

Sob o comando de Conte, Son marcou 30 gols e deu 12 assistências nos 69 jogos disputados. Nesta temporada, entretanto, o jogador caiu de rendimento e não teve o mesmo impacto positivo na equipe como nos últimos anos. Pelo Campeonato Inglês, Son marcou apenas seis dos 52 gols feitos pelo Tottenham nesta temporada.

Há algumas semanas, o técnico Antonio Conte chamou os jogadores de “egoístas” e declarou: “Eles não jogam por algo importante. Eles não querem jogar sob pressão. Eles não querem jogar sob estresse. É fácil desta forma. A história do Tottenham é esta”.

Neste fim de temporada, o Tottenham será comandado por Cristian Stellini, que era o auxiliar de Conte no clube e permanecerá ao lado do assistente Ryan Mason, ex-jogador inglês.

Deixe seu comentário





Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *