Rival do Atlético Mineiro dispensa jogador de seleção


O Atlético Mineiro viu o rival América ser o único clube com jogador convocado na lista do treinador Ramon Menezes. O lateral-direito Arthur, destaque no Campeonato Sul-americano Sub-20, recebeu a chance para representar o Brasil no final de março, quando a seleção enfrenta o Marrocos. A notícia, porém, poderia ser ainda pior nos bastidores da Cidade do Galo.

Com um elenco extremamente recheado e investimento de peso, o Atlético Mineiro é quem precisaria assumir o protagonismo em Minas Gerais. A última temporada foi um empecilho. O Galo não rendeu em 2022 o futebol esperado pelos torcedores que assistiram e celebraram a tríplice coroa no ano anterior.

“Grande” Cruzeiro

O caso Arthur só não causa mais desgosto ao Atlético Mineiro, porque o Cruzeiro fez o que sempre faz: desperdiçou a oportunidade. Arthur jogava nas categorias de base do maior rival do Galo, mas acabou dispensado por “questões técnicas e físicas”.

O depoimento saiu da boca do próprio lateral-direito, que marcou presença no programa da Rede98 e foi questionado sobre a saída do clube. O jovem de apenas 20 anos sequer completou um ano e meio do outro lado de BH antes de ser mandado embora.

Confira o vídeo:

Semifinais do Estadual

A revanche de Arthur é em campo. O América quase encaminhou a vaga na final do Campeonato Mineiro em cima do próprio Cruzeiro. No primeiro duelo da Semi, em Sete Lagoas, os rivais se enfrentaram com mando do time azul, mas o América quem venceu por 2 a 0. O maior rival do Atlético Mineiro, agora, depende de um triunfo de três gols ou mais de vantagem. O Galo entra em campo no sábado e precisa de uma simples vitória diante do Athletic.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *