Recém-nascida atingida por deslizamento em Aratuba permanece internada na UTI, diz família – Ceará


Uma das três vítimas feridas no deslizamento de terra em Aratuba no Ceará, a recém-nascida com menos de um mês de vida permanece internada no Hospital Instituto Dr. José Frota (IJF), em Fortaleza. 

Segundo a enfermeira Miqueline Mendonça, que é parente dos pais da criança, ela deve ficar cerca de cinco dias em observação por ter aspirado terra durante o soterramento. A mãe da menina, que acompanhou a internação, precisou retornar a Aratuba para o velório e sepultamento do outro filho, que morreu na tragédia. 

“Ela tava muito suja de terra, acredita-se que aspirou barro e comprometeu o pulmão. Falei com a Geíla (mãe da menina) e me disse que ela vai passar cinco dias na UTI mais para observação, acredito que tomando antibiótico”, disse. 

A expectativa, ainda conforme os familiares, é que a mãe retorne à Capital para acompanhar a internação da criança, até que seja dado a alta médica. 

O velório e sepultamento das vítimas da tragédia aconteceu no começo da tarde desta sexta-feira (17), no Cemitério São Miguel, localizado no centro de Aratuba. Lotado, o espaço recebeu dezenas de moradores comovidos com a tragédia, enquanto familiares acompanharam a cerimônia abalados. 

Legenda: Velório e sepultamento aconteceu no Cemitério São Miguel, no centro da Cidade

Foto: Fabiane de Paula/SVM

Leia mais

Deslizamento

Governo anuncia envio de donativos

A secretária da Proteção Social do Estado, Onélia Santana, anunciou, na manhã desta sexta-feira (17), o envio de donativos para as famílias atingidas pelas chuvas em Aratuba, no Maciço de Baturité.

Nesta sexta, o governador Elmano de Freitas faz reunião com representantes de diversos órgãos para tratar sobre os impactos das precipitações. A Governo avalia as ações realizadas até agora em cidades mais atingidas pelas chuvas, como Aratuba, Pacatuba, Itapipoca e Uruburetama. O resultado dessa reunião deve ser anunciado no decorrer do dia. 

Além dos donativos, Onélia Santana disse que serão enviados a Aratuba profissionais para realizar atendimento psicossocial. Pelo menos 45 pessoas foram desalojadas provisoriamente pela Defesa Civil após o deslizamento de terra que atingiu casas na quinta-feira (16). Ao todo, três pessoas morreram e três ficaram feridas. 

 

 



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *