PT anuncia desfiliação de vereador de Russas após ataques a deputadas do partido no Ceará – PontoPoder


O diretório municipal do PT em Russas decidiu, na quarta-feira (22), pela desfiliação do vereador Maurício Martins após o parlamentar fazer uma série de ataques contra as três deputadas estaduais do próprio partido – Larissa Gaspar, Juliana Lucena e Jô Farias. A decisão foi tomada por entender que “a atitude do vereador como incompatível com os princípios fundamentais do Partido dos Trabalhadores”. A desfiliação foi comunicada, nesta quinta-feira (23), à Câmara Municipal de Russas. 

Na última terça-feira (21), Martins usou o tempo na tribuna da Câmara Municipal de Russas para falar sobre as deputadas, a quem chamou de “lagartas encantadas” e disse que “só aparecem no Dia Internacional das Mulheres”, quando “vão mentir” e “vendem ilusões”. Diante disto, o PT Russas convocou reunião extraordinária para ouvir Martins e deliberar sobre a questão. 

“Após analisar a ata da reunião da Executiva Municipal do Partido, que ouviu o vereador Maurício Martins e que sugeria ao mesmo uma retratação pública de suas manifestações nas redes sociais. Diante da reação do vereador, a Executiva Municipal deliberou por sua desfiliação, o que foi homologado por essa instância partidária”.

Leia mais

As deputadas reagiram e condenaram a violência política de gênero da qual foram alvo. 

“Entendemos que isso é um caso de violência política de gênero, porque é a tentativa de desqualificar a nossa atuação, de menosprezar a nossa condição de mulher mandatária de um cargo político”. 

Larissa Gaspar

Deputada estadual

Juliana Lucena reforçou que os ataques “não ferem nossa atuação pública”. “Mas expõe o machismo e sexismo que ainda é muito alicerçado na sociedade, inclusive nas casas políticas”, criticou. “A gente só quer respeito e igualdade de gênero”, completa Jô Farias. 

Com a repercussão das falas de Martins, o PT Russas convocou, ainda para esta quarta-feira, uma reunião para analisar a suspensão da filiação do vereador e abrir procedimento para expulsão dele do Partido dos Trabalhadores. 

Na nota, o PT Russas reforçou que “não compactua nem tolera qualquer forma de violência de gênero”. “Coerente com isto, prestamos solidariedade às Parlamentares desta agremiação partidária democraticamente eleitas para a Assembleia Legislativa do Estado do Ceará”, completa o texto.

O vereador Maurício Martins também foi contatado para comentar a desfiliação do partido, mas não houve resposta. No mesmo discurso em que proferiu ataques contra as deputadas, Martins havia ressaltado a trajetória no PT Russas, mas ressaltou que “partido político no País é só o que tem”. 

Leia também

deputada augusta brito

Entenda o caso

No início de março, Martins respondeu a críticas de uma moradora de Russas com ofensas, inclusive fazendo referências a partes íntimas da mulher. A fala foi feita por meio das redes sociais. 

Segundo a deputada Larissa Gaspar, as ofensas motivaram uma nota de repúdio da Secretaria de Mulheres do PT contra o vereador – assinada pelas deputadas estaduais do partido. 

Em resposta, Maurício Martins usou a tribuna da Câmara Municipal de Russas para atacar as três parlamentares. Ele usou o termo “lagarta encantada” e “borboleta encantada” para se referir às deputadas, alegando que as parlamentares “vendem ilusão”. 

“Não venham essas mulheres que são lagartas, as borboletas encantadas, que só aparecem no dia internacional da mulher. Só conhece as mulheres no dia internacional da mulher. Aí bota um palco no meio das praças, vão mentir, dizer que tem programa isso, programa aquilo”, disse.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *