Picanha tem maior queda entre cortes de carne em fevereiro, aponta IBGE

Picanha tem maior queda entre cortes de carne em fevereiro, aponta IBGE

O preço médio da picanha caiu 2,63% em fevereiro, sendo a maior redução, entre os 18 cortes de carne bovina, aferida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), ao divulgar o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), considerada a inflação oficial do País.

Entre os cortes bovinos, aparecem na sequência o fígado e a alcatra, ambos com redução de 2,5%; a capa de filé, com queda de 2,37%; além da costela, que teve o preço reduzido em 2,28%, no último mês. Em média, o preço da carne bovina teve queda de 1,22% em fevereiro, a maior desde novembro de 2021. Além disso, no acumulado dos últimos 12 meses, esse tipo de produto teve deflação de 1,63%.

Vale lembrar que a redução do preço da picanha, mais precisamente, foi utilizada como exemplo de meta de combate à inflação, pelo então candidato à Presidência da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O produto registrou em fevereiro a sua maior deflação desde fevereiro do ano passado, quando recuou 3,75%.

A inflação do grupo alimentos e bebidas, por sua vez, apresentou desaceleração no mês passado e teve alta de 0,16%, ante 0,59% registrada em janeiro.O resultado de fevereiro deste ano, também representou uma desaceleração na alta do grupo, que passou de 11,07% para 9,84%.

A desaceleração na alta dos preços desse grupo contrasta com o aumento da inflação em fevereiro, que fechou em 0,84%. No mês anterior, esse índice havia sido de 0,53%.

O movimento foi pressionado pela alta do grupo educação, que subiu 6,28%.

Fonte: OPOVO

JORNAL CAUCAIA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *