Maikon Leite virou nômade do futebol depois que foi despachado do Palmeiras


Ex-jogador do Palmeiras, o atacante Maikon Leite virou um verdadeiro nômade da bola depois que deixou o clube, em meados de 2016. Atualmente, o experiente atleta de 34 anos está no Nacional de Patos, da Paraíba, mas antes de defender as cores da agremiação, ele atuou por diversas outras equipes.

Do ano do enea brasileiro do Verdão para o início desta temporada, quando chegou ao time paraibano, o jogador passou por dez times diferentes: Toluca (México), Bahia, Ceará, Figueirense, Brasiliense, Amazonas, Petro Luanda (Angola), Juventus-SC, Interporto-TO e União Luziense.

Mesmo na época em que vestiu o manto palestrino Maikon conseguiu se firmar. De 2011 a 2016, período em que teve vínculo contratual com o clube, ele foi emprestado para quatro equipes: Náutico, Atlas (México), Sport e Al-Shaab, dos Emirados Árabes Unidos.

Maikon conviveu com lesões ao longo da carreira, sendo a mais grave delas logo no início de sua trajetória nos gramados. Quando ainda tinha 18 anos, o atacante rompeu todos os ligamentos do joelho, uma contusão rara, e ficou oito meses afastado dos campos.

Maikon Leite pegou duas eras diferentes no Palmeiras

Contratado sem custos em 2011, o hoje experiente jogador começou a atuar em uma época complicada da história alviverde. Embora tenha feito parte da conquista da Copa do Brasil de 2012, ele também participou do rebaixamento naquele mesmo ano.

Entre idas e vindas, o atacante chegou a pegar o período de reconstrução do Verdão, iniciado em 2015, sob a gestão de Paulo Nobre.

Ao todo, Maikon realizou 90 partidas vestindo o manto palestrino e marcou 13 gols pelo Maior Campeão Nacional.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *