Libertadores tem grupos definidos após sorteio; veja – Jogada


Representantes do Brasil na Libertadores 2023, Athletico Paranaense, Atlético-MG, Corinthians, Flamengo, Fluminense, Internacional e Palmeiras conheceram seus adversários da primeira fase do torneio continental na noite desta segunda-feira, 27.

 

O sorteio realizado pela Conmebol, em Luque, no Paraguai, colocou o time alviverde em um grupo com rivais de tradição. O time alvinegro terá como principal adversário o equatoriano Independiente del Valle, atual ganhador da Sul-Americana.

Paulistas

 

Atual tricampeão, o Palmeiras foi sorteado no Grupo C e vai enfrentar o paraguaio Cerro Porteño, treinado pelo ídolo alviverde Chiqui Arce, o Barcelona, do Equador, e o Bolívar. Logo, terá que encarar a atitude de La Paz, capital boliviana. Integrante do Grupo E, o Corinthians deve ter dificuldade contra o Independiente del Valle, que derrotou o São Paulo na decisão da última Sul-Americana. Os outros oponentes são o Argentinos Juniors, e o modesto Liverpool, do Uruguai.

 

Duelo brasileiro

 

Haverá confrontos entre brasileiros na fase inicial do torneio. No Grupo G, o Athletico-PR, atual vice-campeão, está no caminho do Atlético-MG, que entrou na competição ao superar duas fases prévias. Libertad, do Paraguai, e Allianza Lima, do Peru, são os outros integrantes da chave.

Regulamento do sorteio

 

A divisão dos potes aconteceu de acordo o posicionamento dos 32 classificados no ranking da Conmebol. A exceção eram as equipes vindas da pré-Libertadores, como o Atlético-MG, que ficaram no pote 4. A única regra restritiva era que equipes de um mesmo país não podem cair no mesmo grupo, a não ser que um desses times seja oriundo do Pote 4, destinado aos clubes que disputaram as fases preliminares.

Quando começa

 

De acordo com o calendário da Conmebol, a fase de grupos vai começar no início de abril e termina no fim de junho. O mata-mata tem início em agosto. A decisão está marcada para 11 de novembro, no Maracanã.

O principal estádio do País já havia recebido a final da edição de 2020, vencida pelo Palmeiras. Aquele jogo, disputado em janeiro de 2021, teve apenas 5 mil torcedores nas arquibancadas em virtude das restrições impostas pela pandemia. Neste ano, portanto, pela primeira vez terá um grande público torcendo para que a taça siga em solo nacional.

Premiações

 

Ao todo, a Conmebol vai distribuir US$ 207,8 milhões entre os clubes participantes da Libertadores 2023. São US$ 37,8 milhões a mais do que a edição de 2022, o que representa um aumento de 21%. Com o acúmulo de premiações, o campeão pode faturar até US$ 28,05 milhões (cerca de R$ 145 milhões na cotação atual).

Domínio brasileiro

Desde que a final é decidida em jogo único e campo neutro, o Brasil sempre teve um representante erguendo a taça. São quatro títulos consecutivos – dois do Palmeiras (2020 e 2021) e dois do Flamengo (2019 e 2022) e a possibilidade de o País atingir um feito inédito no continente. Cinco títulos seguidos de equipes de uma mesma nação nunca aconteceu na história do maior torneio sul-americano.

A última conquista de uma equipe não brasileira ocorreu em 2018, com o River Plate batendo o Boca Juniors por 3 a 1 em seu estádio após 2 a 2 em La Bombonera, quando o campeão saia em dois jogos.

Embora não vençam a Libertadores desde 2018, os argentinos são os maiores da competição continental, com 25 taças. O Brasil tem 22 troféus e pode consagrar o primeiro clube brasileiro tetracampeão. Palmeiras e Flamengo têm essa chance, já que Grêmio, São Paulo e Santos, os outros tricampeões, estão fora da disputa neste ano.

 

 

CONFIRA OS GRUPOS DA LIBERTADORES:

 

Grupo A: Flamengo, Racing (ARG), Aucas (EQU), Ñublense (CHI);

Grupo B: Nacional (URU), Internacional, Metropolitanos (VEN), Independiente Medellín (COL);

Grupo C: Palmeiras, Barcelona (EQU), BolÍvar (BOL), Cerro Porteño (PAR);

Grupo D: River Plate (ARG), Fluminense, The Strongest (BOL), Sporting CrIstal (PER);

Grupo E: Independiente del Valle (EQU), Corinthians, Argentino Juniors (ARG), Liverpool (URU);

Grupo F: Boca Juniors (ARG), Colo-Colo (CHI), Monagas (VEN), Deportivo Pereira (COL);

Grupo G: Athletico-PR, Libertad (PAR), Allianza Lima (PER), Atlético-MG;

Grupo H: Olimpia (PAR), Atlético Nacional (COL), Melgar (PER), Patronato (ARG).

 




Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *