Justiça condena Facebook a pagar indenização por dados vazados a 8 milhões de usuários do Brasil – Tecnologia


Uma decisão da Justiça do Maranhão condenou o Facebook a pagar uma indenização de R$ 500 aos 8 milhões de usuários do Brasil que tiveram dados vazados. O caso ocorreu em 2021, quando pessoas de 106 países tiveram dados retirados de seus sites. Ainda cabe recurso. 

A medida foi definida pelo juiz Douglas de Melo Martins, da Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís. Ele acatou o argumento de que a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) deve proteger o usuário e estabelecer regras às empresas. 

“A responsabilidade de reparar os danos causados no exercício da atividade de tratamento de dados surge com a violação às normas jurídicas. Desse modo, compreende-se a proteção de dados como um microssistema com normas previstas em diversas leis, sendo a LGPD o seu principal fundamento”, diz sentença. 

Indenização bilionária 

Em todo o mundo, foram 533 milhões de usuários afetados. O Facebook deve pagar um valor de R$ 4 bilhões em indenizações. 

A rede social ainda terá de pagar R$ 72 milhões por danos morais coletivos. O valor irá para o Fundo de Direitos Difusos do Maranhão. 





Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *