Ibaneis Rocha volta ao governo do DF e diz ‘entender’ Moraes –


O governador do Distrito Federal (DF), Ibaneis Rocha, retornou ao cargo nesta quinta-feira, 16, depois de passar 64 dias afastado do comando do DF.

Rocha saiu do cargo em 9 de janeiro, por decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). A medida se deu em virtude dos atos de vandalismo nas sedes dos Três Poderes, em Brasília, em 8 de janeiro.

A decisão inicial era de afastar Ibaneis Rocha por 90 dias, mas Moraes decidiu antecipar a volta do governador.

Em coletiva de imprensa, Rocha afirmou que retorna “com muita paz no coração e com vontade de realizar ainda mais pelo DF”.

“Quando recebi a notícia, me espantei, porque sempre fui um democrata”, afirmou Rocha. “Mas entendi a reação do ministro Alexandre de Moraes. Era o necessário a ser feito pela defesa de democracia. Não carrego mágoa nenhuma. Tive certeza de que esse momento de retorno iria chegar.”

Ao comentar os atos de 8 de janeiro, Rocha disse que ocorreu um “apagão geral” na segurança da Praça dos Três Poderes. E que a possível troca no comando da Polícia Militar do DF depende do secretário de Segurança do DF, Sandro Avelar. “Ele é quem manda na Segurança do DF, e confio integralmente nele”, disse.

O governador assegurou que Avelar vai permanecer no cargo. Ele foi nomeado pela vice-governadora, Celina Leão, que chefiou o governo do DF durante o afastamento de Rocha.





Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *