Guaramiranga fecha 90% do comércio após chuvas: ‘estou viva por um milagre, água invadiu tudo’ – Ceará


O primeiro dia após o sábado (18) de chuvas intensas em Guaramiranga, no Ceará, é marcado por uma força-tarefa para tentar recuperar o comércio local. Em meio à previsão de novas precipitações, moradores da região agradecem por ter sobrevivido ao alagamento e aguardam a reconstrução do centro da cidade.

A auxiliar administrativa Gertrudes Rodrigues disse não ter conseguido dormir na última noite, lembrando das cenas vividas horas antes: “estou viva por um milagre de Deus. A água invadiu tomando conta de tudo. Conseguimos sair daqui arrastadas pela água. Foi horrível, muita água”.

Legenda: A auxiliar administrativa Gertrudes Rodrigues disse não ter conseguido dormir na última noite, lembrando das cenas vividas horas antes

Foto: Kid Júnior

Neste domingo (19), uma equipe de reportagem do Sistema Verdes Mares esteve em Guaramiranga, vendo de perto os resquícios do desastre. Conforme a prefeita do município, Roberlandia Ferreira, 90% do comércio fechou as portas em decorrência das chuvas.

Leia mais

Homem observa destroços de deslizamento de terra em Aratuba

Guaramiranga é uma das cidades que decretou estado de emergência no Ceará, nos últimos dias

“SOBROU FORÇA DE VONTADE”

A vendedora Joelma Ricardo fala do prejuízo financeiro enfrentado e diz que agora espera a ajuda do Poder Público: “foi muito prejuízo, a água levou tudo. Pior do que o prejuízo de mais de R$ 2 mil, é o medo que a gente ficou. Sobrou força de vontade para tentar recuperar”, conta.

Pacatuba

A gestora municipal participou de reunião na manhã deste domingo (19) para tentar mensurar “o tamanho do estrago no centro de Guaramiranga”. Conforme Roberlandia, a ideia é “amparar todo o trecho afetado”.

Guaramiranga ficou alagada após fortes chuvas

Legenda: A Praça de Guaramiranga ficou alagada diante das fortes chuvas

Foto: Kid Chuvas

“O centro fechou as portas, ficamos sem energia, sem internet. Água em todos os estabelecimentos e danos materiais. Hoje agradecemos a Deus por hoje estarmos aqui em pé, com vida, com força para dar continuidade”

O capitão bombeiro militar Davi Teixeira destaca que uma das preocupações neste domingo (19) é desobstruir pontos. 

“No momento, a preocupação é identificar pontos de obstrução nas galerias. Orientação sempre válida aos moradores é o descarte correto do lixo. Com as chuvas, algumas árvores caíram retendo fiação elétrica. As equipes responsáveis estão na região. Seguimos monitorando pontos.  As ações de desobstrução das vias estão em curso. A limpeza urbana está sendo realizada”, disse.

A Prefeitura nega que houve pedidos para pessoas saírem de casa e diz estarem com equipes espalhadas por toda a cidade e vias nos arredores.

“A Defesa Civil está fazendo esse acompanhamento e o relatório para que a gente possa prevenir maiores estragos no nosso município. Muitos danos materiais”, segundo Roberlandia.

Ainda conforme o capitão, há uma expectativa que, a depender das chuvas, que os trabalhos possam ser concluídos nesta segunda-feira (20).

 



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *