Diretor não descarta saída de atacantes do Atlético Mineiro


Ufa! Foi mais sofrido do que poderia ser, mas o Galo garantiu a vaga na grande final do Campeonato Mineiro. O Atlético bateu o Athletic por 1 a 0 e, por conta da melhor campanha na Primeira Fase, levou a vantagem no empate agregado. Hulk e Paulinho novamente fizeram a diferença para dar a vitória ao maior de Minas. O ídolo da camisa 7 marcou o gol, após roubo e passe do ex-atacante do Bayer Leverkusen, da Alemanha.

É 17ª final consecutiva do Atlético Mineiro no Estadual, o que prova o tamanho e domínio dentro de Minas Gerais. A missão é superar os 50% de aproveitamento para conquistar o título de número 48. Vale lembrar, também, seria o tetracampeonato do Galo, pois vence a competição desde 2020.

Olho no mercado!

É 17ª final consecutiva do Atlético Mineiro no Estadual, o que prova o tamanho e domínio dentro de Minas Gerais. A missão é superar os 50% de aproveitamento para conquistar o título de número 48. Vale lembrar, também, seria o tetracampeonato do Galo, pois vence a competição desde 2020.

A Rádio Itatiaia conseguiu ouvir o diretor do Atlético Mineiro, Rodrigo Caetano, sobre as possíveis saídas do volante Allan, além dos atacantes Ademir e Sasha. Os três são alvos de rivais do Galo na Série A do Campeonato Brasileiro, porém, Rodrigo não descartou a transferência das peças ofensivas.

“Nunca chegou nada oficial do Allan. Tivemos consultas pelo Ademir e pelo Sasha. Vamos avaliar, e temos decisões no clube que são superiores à minha alçada. Temos um processo de contratar e vender.”

Descanso merecido

O Atlético Mineiro recebe “ajudinha” da Data FIFA e terá 13 dias de folga antes da primeira partida válida pela grande final do Campeonato Mineiro. O adversário será conhecido no domingo, quando o América enfrenta o Cruzeiro. O maior rival do Galo depende de um milagre e só avança com um triunfo de três gols de vantagem.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *