Cidade francesa consegue boicotar supermercado brasileiro


Os habitantes da cidade francesa Sevran, na região metropolitana de Paris, conseguiram boicotar o supermercado brasileiro Atacadão, do Carrefour. Isso porque a matriz desistiu de abrir uma unidade da marca no local, depois de mobilização dos moradores, que incluiu até o prefeito Stéphane Blanchet.

Ao abraçar a causa, Blanchet disse que a chegada do centro de compras ameaçaria o “emprego”, o “comércio local” e o “tráfego rodoviário nas imediações”. O chefe do Executivo teve o apoio de sindicatos e dos partidos Socialista, Comunista Francês e França Insubmissa.

Até mesmo um abaixo-assinado foi organizado entre os 50 mil habitantes da cidade francesa para manifestar a insatisfação com a vinda do supermercado brasileiro. A chegada do Atacadão estava prevista para o primeiro semestre de 2023, informou o jornal Le Parisien, na quarta-feira 15.

No Twitter, a deputada Clémentine Autain considerou o ato uma “vitória de Sevran”. Ela afirmou que o mercado seria um “problema para a economia local” e que deveria ser barrado.

Em nota, o Carrefour afirmou que está estudando abrir a primeira loja Atacadão da França em outras cidades do país e que entendeu que não existem as condições necessárias para inaugurar uma unidade do mercado em Sevran.

O Atacadão representa quase 70% do faturamento do grupo Carrefour no Brasil.





Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *