Chilique de Coudet confirma notícia horrível sobre o treinador


O técnico Eduardo Coudet acabou perdendo a cabeça no final do jogo entre Atlético e Athletic Club, e teve de ser contido por alguns seguranças. A confusão foi com o goleiro Júlio Cesar, onde o argentino tentou repor a bola rápido após escanteio do Galo e o arqueiro não gostou, dando início ao bate-boca.

Vale lembrar que não é a primeira vez que Coudet é visto partindo para cima de um jogador, ainda mais em uma derrota. Em jogo válido pelas quartas de final da Copa Libertadores de 2016, quando dirigia o Rosário Central diante do Atlético Nacional, Chacho também teve de ser contido pelos seguranças.

Primeira derrota

Além da confusão com o goleiro Júlio Cesar, Coudet conheceu sua primeira derrota à frente do Atlético, após 11 jogos invicto. Após a partida, justificou a derrota atribuindo ao pênalti marcado para o adversário, no qual Réver cometeu, no final da primeira etapa.

Não havíamos perdido. No primeiro tempo, tivemos chances muito claras, mas não conseguimos converter em gol. No segundo tempo também criamos. A verdade, infelizmente, é que perdemos com um pênalti que não foi. Todos vimos. Essa é a realidade. Espero que não tenhamos na volta o azar que eles marquem alguma coisa que não foi. Já perdemos, temos que virar, mas temos o tempo de acréscimos também“, disse.

A volta acontece nesse sábado (18), às 16h30, na Arena Independência – Mineirão vai estar ocupado com um show sertanejo do cantor Luan Santana. Vale lembrar que o Athletic se classifica com um empate, enquanto o Galo precisa apenas de uma vitória simples pela vantagem de ter tido a melhor campanha na 1° fase.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *