Advogado de autor da chacina de Sinop é baleado ao atender suposto cliente – País


O advogado Marcos Vinícius Borges, responsável pela defesa de um dos autores da chacina de Sinop, foi baleado no escritório dele, na quinta-feira (23). A informação foi confirmada pela Polícia Militar ao g1.

Vinicius foi baleado no tórax e deu entrada no Hospital Dois Pinheiros, em Sinop. Segundo a PM, duas pessoas estavam no escritório se passando por clientes.

Em determinado momento, uma briga começou e um dos suspeitos atirou contra Marcos. O advogado teria ligado para um delegado de Sinop, contando que havia levado um tiro.

Policiais estão em diligências para identificar e capturar os suspeitos. Não há informações sobre o estado de saúde de Marcos Vinícius.

O advogado criminalista, conhecido por ostentar bens de luxo nas redes sociais, defende Edgar Ricardo de Oliveira, um dos autores da chacina que deixou sete mortos em um bar de Sinop.

Chacina em Sinop

Sete pessoas foram mortas no dia 21 de fevereiro, em bar do Bairro Lisboa, em Sinop. As investigações apontam que os dois suspeitos cometeram o crime por não aceitarem perder uma partida de sinuca. Entre as vítimas, estava uma adolescente de 12 anos.

Um dos suspeitos, Ezequias Souza Ribeiro, morreu em confronto com a Polícia Militar. Já Edgar se entregou para os policiais e está preso. 

Na defesa, o advogado Marcos Vinícius disse Edgar atingiu algumas pessoas “de forma acidental”, como a menina de 12 anos e um idoso. 

Imagens registradas pela câmera de segurança do bar mostraram o momento em que um dos suspeitos rendeu as pessoas e as levou para perto de uma parede. Enquanto isso, o outro homem foi até o carro estacionado em frente ao estabelecimento, pegou uma espingarda calibre 12 mm, e disparou várias vezes.

Antes de fugirem, um dos homens pegou uma quantia de dinheiro que estava sobre uma das mesas, além de outros objetos. 

 





Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *